Como organizar o chá de bebê

Por esses dias muitas grávidas conhecidas perguntaram sobre o chá de bebê e as dúvidas são muitas. O que pedir, como fazer, por onde começar. Como o blog é para ajudar as futuras mamães vou falar um pouquinho sobre o assunto.

1º – a data: opte por fazer no 7º mês que ainda tem disposição, tanto para a organização, quanto para lavar e arrumar os presentes. Quanto ao horário sugiro final de tarde.

2º – quem convidar: mulheres e crianças.

3º – como fazer a lista: temos duas opções. Uma é enviar o convite com o presente especificado. A outra é fazer a lista em uma loja especializada.
Particularmente, acho complicado especificar o presente. Cada item é muito pessoal e com preços que vão de R$1,00 a R$100,00. Qual o critério para pedir um presente mais caro para uma pessoa e um mais barato para outra? E a cor?
Se na sua cidade não tem lojas especializadas sugiro que faça uma tabela e, na hora de entregar o convite, peça para a pessoa marcar na lista qual presente ela quer comprar. (Aqui no meu trabalho fazemos assim e funciona bem).  Na dúvida se a pessoa não irá gostar de escolher o presente, peça fraldas descartáveis que nunca é demais.
Na loja é legal porque a mamãe vai até lá e escolhe todos os itens. A convidada tem opções de preços, sabe que a mamãe vai gostar e, depois, você ainda pode trocar se ganhar algo repetido.

4º  o que servir: salgadinhos, mini cachorro-quente, torradinhas com patê, bolo caseiro, pão de queijo, sorvete, refrigerante, sucos e água.

lembrancinhas: pirulitos mini-chupetas, docinhos, fotos da barriga da mamãe ou guloseimas de épocas (mini panetone, mini ovo de páscoa)

brincadeiras: as tradicionais brincadeiras de adivinhações estão bem fora de moda e causa tédio geral na mulherada. No chá da Angelina um mágico cuidou da animação. Se você não quiser gastar com isso, sugiro apenas abrir os presentes e colocar em uma mesa bem bonita de maneira que os presentes fiquem expostos. Deixe umas etiquetas ao lado para cada pessoa colocar o nome no presente que deu.
“Recados para o bebê” também é legal. Use cartões em branco ou um livro onde cada convidada vai deixar um bilhetinho para o bebê que está chegando.

decoração: bolo de fraldas, fotos do papai, mamãe e irmãos quando bebês, bexigas, varal para pendurar as roupinhas, aquelas roupinhas que a sua mãe ou sogra guardou de quando os papais eram bebês, sapatinhos. É possível fazer tudo dentro de um tema, como em festa de aniversário, só que em menor proporção (jardim, piquinique, flores).

Clique aqui e veja:

Chá da Angelina na casa da vovó Zete
Chá da Angelina e da Luíza com as amigas do trabalho das mamães

Abaixo algumas fotos que podem ajudar bastante.

sugestão de lista

Mesa de bolo e doces

Bolo-lembrancinha, para chá de bebê ou maternidade

Convite menino

Convite menina

Os convites podem ser colocados junto com um saquinho de chá e fechados com lacinhos. Fica um charme.

Anúncios

Preparando o quarto do bebê – Revista Crescer

Vejam essas dicas da Revista Crescer para preparar o quarto do bebê.
Como eu já disse, não comprei a cadeira de amamentação e não fez falta porque a almofada auxilia muito. Eu gostava de amamentar na minha cama.
Outra coisa, sobre cortinas, em casa optei por uma persiana bem simples que não acumula poeira e é fácil de limpar.
Como vocês podem ver, não tem protetores de berço nem muitas almofadas. Recomendo.

Clique aqui e veja a matéria completa.

Sobre as malinhas e sobre ansiedade

Sobre os pijamas e camisolas que vou levar para a maternidade, escolhi tudo de algodão, bem confortável e colorido. O melhor lugar para comprar achei na loja July-ene (acho que é assim que escreve), lá no calçadão. Soutien para amamentação e calcinha pós-parto lá também tem e é mais barato.
Hoje acrescentei uma manta de lã, mais pesada, tá esfriando e é melhor estar preparada né.
Segue uma foto de tudo prontinho. Não vou mostrar o que tem dentro porque da minha parte é tudo muito íntimo e da parte da Angelina quero mostrar com ela usando 🙂

Sobre a ansiedade de final de gravidez que tanto me falaram e me perguntam. Vou confessar – não sei o que é isso.
É tão estranho porque estou muito bem, o começo foi bem mais difícil com relação a incomodos. Agora to super disposta e dormindo muuuuito. Acho que meu corpo tá se preparando mesmo para o batidão. Não sinto peso nem dores. E nem inchada to mais, nem um pouquinho. Só sei que to grávida por causa da barriga e, graças a Deus, a Angelina mexe o tempo todo, então sei que tá tudo bem com ela. O meu único medo é não saber se tá na hora de ir para o hospital, interpretar os tais sinais acho que é complicado. Fico torcendo para virem os sinais mais “desenhados” como rompimento da bolsa ou aquele “borrão” escuro na calcinha. Essa coisa de contrações ritmadas e iguais não consegui entender ainda, mesmo porque tenho contrações todo dia, muitas vezes por dia e olho no relógio pra ver em quanto tempo vai se repetir.
Acho que não estou com tanta pressa porque tudo passa tão rápido. Outro dia mesmo era só um feijãozinho, agora é um barrigão…
Conheci a Maria Eduarda com 3 anos, agora ela tem 6 e tá cada dia mais moça.
Seguem algumas fotos sobre isso tudo.

8 semanas de gravidez

e em muito pouco tempo chegamos a 39 semanas com muita disposição

a princesa linda e moça 🙂

38 semanas

Ufa!!! Estamos aqui, firme e fortes 🙂
Hj foi dia de consulta com a dra. Valéria. Ela fez um ultra bem completo para medir quantidade de líquido, pressão intrauterina e do cordão umbilical, batimentos, peso, tudo. Angelina está na posição certa, de cabeça pra baixo mas ainda está no alto, falta encaixar. Tem bastante líquido e é bem ativa, mexe muito. Ela gira no próprio eixo, semana passada o pé dela estava pra direita e o rosto pra frente, essa semana o pé está para o lado esquerdo e o rosto pra traz, não vimos boquinha, narizinho, nada. Só coluna e bumbum. Isso porque hoje minha mãe estava junto, ela “virou a cara” pra vovó.
Falando em vovó e vovô os dois estão aqui, só nos paparicos. Tenho motorista particular e faço nada o dia inteiro.
Só que agora tá tudo liberado, já posso parar com o remédio pra inibir contrações e quanto mais andar, mais acelera o processo. Angelina pode chegar a qualquer momento com tranquilidade.
A dra. está muito firme no parto normal e eu também, apesar de as vezes sentir medo, mas cada vez que faço ultra e vejo que a Angelina está bem fico tranquila a esperar pela hora que ela decidir. Mesmo que o parto normal não acontecer, pelo menos que ela possa se manifestar.
Ai vão fotos com o papai e mamãe mais lindos do mundo… amo demais da conta 🙂

Notícias

Hoje tivemos consulta com a dra. Valéria e ressalto a importância da confiança no obstetra. Quem estiver passando por essa fase, avalie bem essa relação e não tenha medo de trocar de médico se for necessário e continue com o seu se sentir que é bom pra vc, independente da opnião de outras pessoas.

Semana passada fui atendida por uma médica da equipe dela por causa de um congresso. Tão competente e atenciosa quanto ela. Porém, a relação médico-paciente é bem diferente.

Enfim, hoje tivemos consulta. Estamos com mais de 37 semanas, Angelina já não será considerada pré-matura se nascer agora, podemos ficar tranquilos. Porém, ainda é muito cedo para induzir o parto ou marcar a cesarea. Decidimos por continuar tomando o remédio pra inibir as contrações mais uma semana e eu continuar quietinha.

A Angelina está com quase 3kilos e na próxima quarta-feira vamos ver o que fazer. Tudo decidido entre nós e a médica, com todas as orientações necessária.

O Daniel, papai ansioso e apressado, queria marcar logo e ela foi bem firme, achei isso super importante. Ainda valorizo muito a “hora que a criança escolher”, independente do tipo de parto.

Outra coisa é que hoje tivemos aula de banho no Beabá Bebe e sou, nesse momento, uma pessoa desesperada. A criança que foi fazer o banho ao vivo era taaaaaao pitica, meu Deus!!! Tem hora que dá muito medo.

É isso galerinha. Super beijo e ótimo feriadão pra todos 🙂 Feliz páscoa e muita luz, paz e as bençãos do Papai do Céu!!!!

Na reta final

Olá para todos que acompanham nossa trajetória até aqui 🙂

Chegamos, um pouco antes da hora, na reta final. Agora são 5h30 da madrugada e estou sem sono nenhum. Na noite passada precisamos ir para o hospital correndo, no monitoramento a enfermeira disse que eu tive 4 contrações fortes em 10 minutos (1 contração a cada 5 minutos já é trabalho de parto).

O tempo de gestação é 36 semanas e nessa fase a Angelina é ainda pré-matura para nascer. Portanto, fomos medicadas e temos que ficar em casa, bem quietinhas, por pelo menos mais uma semana.

Os últimos dias no trabalho foram bem estressantes e agitados porque eu queria deixar tudo em ordem antes da minha saída e o que consegui foi ter que deixar tudo lá, até a mesa bagunçada com coisas pela metade. E esse estresse todo ajudou a provocar as contrações antecipadas. Ainda não sei dizer se aprendi a lição.

Ainda faltam alguns detalhes para a Angelina e para a mamãe, mas nada é 100% né. Amanhã de manhã papai, vovó e vovô vão tentar finalizar os preparativos já que vou ficar quietinha e de castigo.

Terça-feira foi a aula de amamentação no BeabaBebe. Na próxima semana é a aula de banho, espero conseguir aprender alguma coisa no curso pra não ter que aprender no susto, rsrs.

É isso. Estamos aqui, nós duas e a Dory sentadinha do meu lado e me olhando. E o “sono”? Não, ele não está… vou tentar procurar em algum canto.

Depilação na gravidez

Pronto, aposto que só o título do post já doeu. E como dói.

Depilação é aquela “coisa” inventada pelo ser humano só para destruir nossa vida, rsrsrs. Sugiro, para sua diversão, esse post da minha amiga Vanessa do blog “Vida de Esposa”, divirtam-se:  http://vidadeesposa.com.br/2011/02/08/diario-de-uma-perereca-depilada/

Bom, agora vamos ao ponto que nos interessa que é a depilação na gravidez. Eu sou bem “disciplinada” nesse assunto, faz mais de cinco anos que, pelo menos uma vez por mês, lá vou eu visitar a Cris (muito boa, indico viu?! se alguém precisar do telefone é só perdir). Então ela está bem acostumada com aquela minha amiga ali embaixo da barriga. Na gravidez continuei com o mesmo ritmo, porém, já me preparando para a tricomia necessária que terei de fazer para o parto. Ou seja, desde que soube da Angelina, uma vez sim e outra não, faço aquela “limpeza completa” para preparar a pele.

Dia desses numa conversa ouvi falar que não pode depilar na gravidez e entrei em pânico mas na consulta seguinte fui tirar a dúvida com a Dra. Valéria. É bem simples a situação. Quem nunca fez ou que sente muita dor, pode sim ser perigoso provocar contrações (por causa da dor na puxada), então, por esse motivo, eles indicam deixar para depilar quando estiver beeem no finalzinho, que se provocar contração já não terá problema. No meu caso, que já sou acostumada com essa coisa muito chata (não digo que não dói, só disse que sou acostumada), nunca tive problema e está tudo bem (um pouco mais sensível mas tranquilo). Agora só falta mais uma “seção tortura” com a Cris, devo fazer no final de abril que assim já fico pronta. Não me sinto confortável em pensar na gilete do hospital, as enfermeiras e tal. Elas nem conhecem minha amiga e já vão tirar os pêlos e olhar assim tão de perto minha amiga sem nem convidar pra uma coca antes?!

Brincadeiras a parte, é isso… se você está grávida e se sente “confortável” na situação, pode continuar de boa. De qualquer forma, é sempre bom conversar com o obstetra sobre todas as dúvidas. E quem quiser se preparar para o parto, procure uma depiladora responsável e que use cera quente para aliviar um pouco.

Aaaah, e a foto é só pra contar que hoje a Dory também passou pela seção tortura, está sem os lindos e longos pêlos dela. Fazemos isso uma vez por ano, na época que ela troca os pêlos e acabam ficando soltos pela casa. Num próximo post falo sobre a relação gravidez-gatos que é cheia de medos, crenças e dúvidas.

p.s. – a foto achei no google, não é a Dory, ela é bem menos comportada nessa situação.

Beabá Bebê – Unimed

Semana passada começamos o curso Beabá Bebê na Unimed de Rio Preto. Amigos já fizeram e gostaram e nós também recomendamos.

A primeira aula foi só de apresentação e é muito divertido ver tantos casais vivendo as mesmas experiências. A fala dos maridos são as mais engraçadas. Teve um que, depois de tanto ouvir falar de cuidados com o umbigo, comentou “pensei que cortasse o umbigo na hora que nasce”; coitada dessa mãe, hehehehe.

Enfim, fica mais essa dica para futuras mamães. A inscrição pode ser feita no site www.unimedriopreto.com.br. Abaixo vai a programação para entenderem o que acontece por lá.

Ah, e muito importante: o curso é para o casal. Homens não precisam se envergonhar, essa troca de experiências é muito bacana e sua participação é fundamental 🙂

1º Encontro – Apresentação do programa
2º Encontro – Nutricionista e Fisioterapeuta
3º Encontro – Obstetra
4º Encontro – Aleitamento Materno
5º Encontro – Vínculo com a Psicóloga
6º Encontro – Banho e cuidados com o bebê
7º Encontro – Dentista e Debate
8º Encontro – Encerramento com entrega de certificado e presente

As gestantes são divididas em grupos conforme a sua idade gestacional,
podendo sugerir o dia de sua preferência. Este dia poderá ser
alterado conforme a necessidade do programa. O curso é semanal,
com duração de 8 semanas, as inscrições podem ser feitas em
qualquer período da gestação, porém, a gestante iniciará o curso
após o sexto mês de gestação. A gestante tem direito a um
acompanhante durante o curso.

Clique aqui e faça a sua inscrição.

32 semanas

Domingo foi dia de fazer fotos e videos do barrigão. O tio, padrinho e fotógrafo Evandro Rocha (http://www.evandrorocha.com.br) usou e abusou em mais uma demonstração de talento e criatividade. E, claro, muito coruja cheio de carinho e dedicação.
Foi uma tarde tão gostosa que até o sol resolveu aparecer e nos permitir sair do estúdio direto pra piscina e fazer também o video mais lindo do mundo, heheheh.
Espero que possam se divertir também com nossas imagens 🙂


Ações e reações

Olá!!! Para terminarmos a sexta-feira hoje vou falar umas barbaridades do corpo de grávida que nunca ouvi nem li com muita clareza de informações.
Primeiro quero registrar que li o Manual do Grávido e um detalhe interessante é que eles explicam para os homens que são três as fases da gravidez (divididas em trimestres) e que o 2o trimestre é considerado o trimestre de ouro já que a mulher não tem os enjoos do começo nem os incomodos do final. E isso é um fato importante pois é muito real.
Comigo na verdade os incomodos estão aparecendo mais agora, quando falta menos de 2 meses. Vamos lá.
Sempre fui meio fresca com relação ao marido no sentido de acreditar que aquelas intimidades mais íntimas não precisam ser compartilhadas. Exemplos: número 2 fazemos de porta fechada, o marido nunca soltou aqueles famosos e estrondosos gases na minha frente (nem por cima nem por baixo) e eu tb nunca fiz isso na frente dele. Acho que perde um pouco mais o encanto e ele também sempre se comportou assim e acho ótimo.
Só que agora sou uma grávida e cheguei a conclusão que além de gordinha, fiquei porca (rsrsrs). Tenho tido muita azia e um aumento excessivo de saliva, tem hora que escapa aquela chuva sem eu poder controlar, até evito falar perto das pessoas (eca!).
Coca-cola (que no começo da gravidez eu jurei que só iria tomar depois de terminar de amamentar) tem sido a minha salvação justamente porque ajuda arrotar. (eca! nro 2)
Com o aumento do útero e a pressão interna, aumentam também os gases que saem por baixo. Ou seja, é pum toda hora e nem sempre dá tempo de correr pro banheiro. (eca! nro 3)
Outro detalhe estranho é que faz um tempo já que não consigo enxergar aquela minha amiga que mora ali embaixo… fico imaginando como os barrigudinhos sofrem já que passam a vida inteira sem ver o próprio “amigo”.
Sem contar o peso a carregar e as dificuldades para levantar, sentar, andar… por vezes pareço uma pata, em outras uma sapa. O marido ri, mas acho porque ele é bonzinho e tem paciência.
Tenho dormido pouco, amanheço cansada e com cara de poucos amigos. E hoje particularmente sinto que fui atropelada por um caminhão. As amigas aqui do Ibilce já diagnosticaram e a boa notícia é que deve passar amanhã… o meu problema de hoje é, simplesmente, A VIRADA DA LUA.
Angelina está bem, mexendo, pulando, se divertindo aqui dentro. É muito engraçado ver as formas que a barriga toma, ela vai prum lado e pra outro. De vez em quando fica muito dura e depois volta ao normal. Já falaram que são as primeiras contrações e que é assim mesmo.
Bom, com tudo isso que estou contando para alegrar a sexta-feira de quem não está passando por isso (sim, eu sei que vocês estão rindo de mim) quero deixar registrado que ser mãe é a melhor coisa do mundo e que, mesmo com tantas ações e reações, tenho tido toda paciência do mundo e tento controlar a ansiedade para esperar que Angelina chegue na hora que ela quiser… estamos aqui para passar por tudo o que for necessário 🙂
Grande beijo e ótimo fds!!!!
Fiquem com Deus!!!

Entradas Mais Antigas Anteriores