Babá eletrônica

Bom dia!!!! Boa segunda gelaaaada 🙂

O marido viajou, vai ficar 17 dias fora e estamos sozinhas em casa, uma pela outra!!! Antes de viajar ele nos deixou um presente para que a mamãe possa fazer as coisas com tranquilidade (inclusive tomar banho rsrs) – uma babá eletrônica muito legal.

Quem quiser, ele comprou pelo mercado livre e foi entregue rapidinho  – http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-185177317-baba-eletrnica-com-audio-viso-noturna-15-lcd-pronta-entre-_JM

Ela tem video e dá pra instalar na tv, vejam as fotos abaixo.

Fico muito tranquila, só não deu certo o som porque dá interferência por causa do telefone e do roteador, mas como o apartamento é pequeno, posso ouvir o som fora da babá mesmo. A imagem é bem legal, praticamente um Big Brother.

É a dica do dia 🙂

Beijos e boa semana!!! Agasalhem-se todos!!!

Choro, colo… e agora?

A cada dia a Angelina fica mais gostosa e esperta. Consequentemente, dorme cada vez menos (mas continua muito boazinha).

Ela não tem 2 meses ainda, é muito mais ativa do que se espera pela idade dela, porém, ainda não consegue interagir com o ambiente. Ou seja, se tá acordada, tá no colo. Na televisão ela se distrai um pouco mas não é toda hora.

Então comecei ter dificuldades por não saber o que fazer. Não quero acostumar no colo, meus braços e costas doem muito. As vezes chego a pensar que meu corpo não me permitiria ter filhos nunca (por causa de problemas na coluna e tendões que sempre tive). Ontem a coisa foi complicadinha porque ela dormiu muito pouco durante o dia, pensei que a noite fosse dormir bastante e que nada, duas horas da madruga ela tava ligadona.  Chamei o Daniel, ele pegou, colocou na nossa cama e ela dormiu na hora. E ainda tenho que ficar quieta com ele me olhando com cara de “eu sou foda” rsrsrs.

Em alguns momentos sei que ela chora de fome. Nessa hora dou uma mamadeira. Tem dias que só o peito é suficiente, mas tem dias que não. Essa dica é importante, muitas crianças choram de fome e os pais não percebem. O leite materno é fundamental mas nem sempre é o bastante. E a Angelina mama na mamadeira e no peito com a mesma vontade, não tem esse negócio de que ela não vai querer o peito.

Enfim, o post de hoje é só pra dizer que não sei o que fazer e imaginar que muitas mães passam por isso faz com que eu me sinta melhor.

Abaixo uma foto feita pelo papai no dia 22/06, ela com pouco mais de 1 mês e meio.

O primeiro mês

Dá pra acreditar que Angelina já tem mais de 40 dias?! Pois é. Acabou a quarentena, tanta coisa aconteceu e parece que foi ontem que ela saiu da minha barriga.

Algumas coisas aprendi nesse período e compartilho com as mamães que estão se preparando para receber o bebê.

– A primeira semana tem que ser do bebê e ele precisa de respeito. Imaginem que ele acabou de sair de um mundinho particular e tudo é muito novo. Portanto, uma das coisas mais importantes: não peguem no colo bebês recém-nascidos. Nem a mãe. Pegue para mamar, deixe-o bem embrulhadinho e coloque no carrinho de novo. Isso vale também para as visitas no hospital. O hospital é um lugar ótimo para visitar a mamãe porque ela está bem amparada, mas deixe o bebê quietinho.

– Banho, troca de fraldas e amamentação a gente aprende a cada dia e o bebê irá direcionar as suas atitudes. Esqueça as teorias do tipo “tem que mamar de 3 em 3horas”. Você vai ver que o bebê pode pedir mamá em menos de 1h ou passar uma noite inteira dormindo profundamente sem pedir. Lembre-se também de secar bem o peito depois de cada mamada.

– Momentos “chororô sem explicação” vão ficando cada vez mais constantes e a gente nunca vai saber como resolver.

– E para as mamães, muito importante:  permita-se descansar um pouco, deixe o bebê com a avó e vá para o shopping ou para o salão de beleza. Eu fui no show do Titãs com 10 dias e foi ótimo. Permita-se também ter um tempo com o papai, cineminha, carinhos e momentos só dos dois vão fazer aumentar o amor entre vocês e de vocês pelo bebê.

– Amamentar precisa muita paciência e bons sentimentos. Nem sempre nossa energia está boa para passar pro bebê. Nessas horas, ou nas horas de correria, ou quando você tiver dado aquela escapadinha dê (sem culpa) uma mamadeira.

E abaixo a foto de 1 mês feita pelo tio super coruja.

Beijos pra todos e bom fim de semana.

Medos e dificuldades

Tem uma propaganda da Johson que diz “quando nasce um bebê, nasce uma mãe” e é uma grande verdade.

Pouco antes da Angelina nascer vocês viram que eu nem sabia segurar um bebê e até hoje, acho que se for visitar algum recém nascido, não irei pegar no colo. Mas no momento que a enfermeira trouxe o meu bebê de poucas horas, segurei sem medo e nunca tive dificuldades em segurar, cuidar, apertar, virar pra cá e pra lá.

Graças a Deus a Angelina é meu anjo lindo. Muito quietinha, saudável e boazinha. Até agora não tivemos grandes problemas ou dificuldades. Atribuo isso a mais uma benção de Deus na minha vida e aos fatos de eu ter descansado bastante antes do parto e ela ter nascido de tempo certo (quase 40 semanas completas). Porém, existem momentos complicados sim. Quando ela chora e fica agitada sem motivo aparente, são algumas horas de adivinhações e achismos. Vira prá lá, pra cá, põe de bruço, de pé, troca fralda, dá mamá, dá chuquinha, dá chazinho, dá chupeta, dá pro pai, volta pra mãe, liga a tv, desliga, apaga a luz, canta, tira a roupa… e assim vai até que ela dorme e a gente nunca sabe o que resolveu.

Dia desses ela ficou 4 dias sem fazer cocô. Lá vai a mamãe ligar pro pediatra e ele indicou colocar um supositório. Momentos de tensão e lá foi o papai que é mais corajoso nas primeiras vezes (como aconteceu no banho). Ai gente, que dó. Fui forte no teste do pezinho, mas agora foi difícil. A coisa funcionou bem rapidinho e logo estava ela fazendo grandes “obras”, tudo voltou ao normal. Depois, conversando com outras pessoas eu soube que isso é bem comum e esse artifício possivelmente deve ser utilizado mais vezes.

Ainda estou teoricamente no período de dieta e resguardo. Faltam 2 dias para a Angelina completar 40 dias. Acho que fui nesse período bem tranquila e diferente das outras mulheres que conheci. Tinha muito medo da recuperação da cesárea mas não tive problemas com isso, meu problema foi o medo na hora da cirurgia que nem me permitiu viver a emoção de ver minha filha chegando ao mundo. Durante a dieta tomei alguns cuidados como não pegar peso nem fazer grandes esforços, mas de resto, vida normal. É importante cada um conhecer o limite do próprio corpo.

As questões psicológicas são as mais complicadas e é muito importante cuidar de si mesma. Não deixe de visitar o salão de beleza, lembre-se de escovar os dentes, pentear os cabelos e tomar banho (parece brincadeira mas eu estou falando sério). Tenho me sentido mais bonita, porém, menos interessante. Sinto-me sem assunto e insegura. O Daniel tem sido ótimo, companheiro e compreensivo, mas as vezes (muitas vezes) nem eu me aguento.

Escutei de uma amiga uma grande verdade: “Um dia você é você, carrega seu bebê na barriga, faz  o que quer e vai para onde quer. Em 15 minutos seu bebê está nos braços e você não é mais você, é a mãe do bebê”.

E nada disso tem explicação. E tudo isso vale muito a pena 🙂

Boa semana pra todos!!!

anjo lindo

Dica de fraldas e mais fotos

Olá Pessoal!!! Estou de volta 🙂

Ficamos um tempo sem computador em casa, por isso o sumiço. Imaginem que a Rafa pensou até mal da Angelina, que ela estava dando trabalho por isso o sumiço no blog, rsrs… tadinha, é um doce e fica com má fama.

Estamos todos bem, graças a Deus. A Angelina mama, dorme e começou fazer umas gracinhas. Graças a Deus não tem cólicas, a dica é da minha mãe, dou gotinhas antes da coliquinha apertar.

A dica de hoje é sobre as fraldas. Perdemos muitas fraldas tamanho RN. A pampers é maior (vai até 4,5kg) e as outras vão até 3,5kg. Portanto, se você tiver de várias marcas deixe para usar a pampers depois, que vai aproveitar por mais tempo. A Angelina cresce e engorda a cada dia, acontece tudo muito rápido. Ela não teve alergia a nenhuma marca, mas para saber se seu filho tem algum problema, observe na barriga e na perninha, onde aperta o elástico.

Abaixo algumas fotos novas, do celular do marido que não dá sossego pra ela.

Acabada depois de muita balada no niver da Júlia. O look delicate by Mirely

 

Estreando o Sling (by JuMerengue) com direito a almoço no Praça Shopping e bater perna no calçadão

 

Boina by tia Kelly, AllStar cano alto, saia e cinto by tio Evandro (made in Barcelona) e body pink básico by Gi. Look Descolado, afinal, já tenho 1 mês e sou uma moça