Preparando o quarto do bebê – Revista Crescer

Vejam essas dicas da Revista Crescer para preparar o quarto do bebê.
Como eu já disse, não comprei a cadeira de amamentação e não fez falta porque a almofada auxilia muito. Eu gostava de amamentar na minha cama.
Outra coisa, sobre cortinas, em casa optei por uma persiana bem simples que não acumula poeira e é fácil de limpar.
Como vocês podem ver, não tem protetores de berço nem muitas almofadas. Recomendo.

Clique aqui e veja a matéria completa.

Anúncios

A noite foi longa

Pela primeira vez Angelina chorou muito durante a noite. Papai e mamãe em desespero, sem saber o que fazer. Pega no colo, faz denguinho, faz mamadeira, deita ao lado, e por ai seguimos tentando.

Ela parecia estar com dificuldade para respirar e o papai colocou sorine no narizinho, parecia que tava matando. Ela gritou tanto que, pela primeira vez tb, vomitou muito. Foi leite pra todo lado e as 5h da madruga mamãe lavando as pernas e enchendo banheira ao mesmo tempo.
No início da manhã ela dormiu, mais tarde dormiu meia hora e agora ela está dormindo (depois de muito chorinho) e eu vou aproveitar para deitar um pouquinho porque ela precisa da mamãe descansada.
Qual a receita para dormir? Não tem. É preciso muita paciência, disposição e fortalecimento de costas e braços pq agora é só no colo.

 

Será que vale a pena?

Essa é uma pergunta muito feita pelas mamães, papais e familiares dos bebês na hora de comprar tantas coisas que o mercado oferece. Vou falar de itens que compramos ou ganhamos no quesito “utilidade”. Algumas coisas são muito úteis mas por pouco tempo, outras nem tanto, outras indispensáveis. Espero ajudar as mamães que estão nos preparativos.

O quarto:
Berço e cômoda: gastei R$899,00 e valeu a pena porque o berço é grande, padrão americano, atende todas as normas de segurança e ela ama ficar lá. Já ajustamos a altura para ela poder dormir e brincar tranquila. A cômoda é muito boa para guardar as coisinhas dela (cabe tudo) e, também, como trocador. Até hoje a troco lá e ela fica bem acomodada.
Decoração : uma dificuldade foi que a Maria já tinha uma cama box, que é maior que a bicama geralmente usada em quartos de bebês, então eu não encontrei um jogo de cama combinando com o kit de berço e mandei fazer tudo sob medida. Ficou maravilhoso mas custou caro – R$1100,00 os dois jogos.
Vendo a matéria do Fantástico chegamos à conclusão que nada disso é realmente necessário. Ainda acho que os protetores de berço ajudam muito. Porém, se a mamãe optar por fazer ou comprar, pense em um cor muito suave. A Angelina dorme muito rápido olhando para o kit e mexendo nas linhas bordadas. Cores fortes despertam e deixam a criança agitada. Alguns têm bichinhos pregados e a criança pode ficar tentando pegar e esquecer de dormir.
Não vale a pena comprar almofadas, existem umas lindas que ganhamos de presente e ajudam compor a decoração.
Hoje eu compraria um bonito jogo de lençol com um edredon para a Maria, o cobre leito é muito grande e trabalhoso. O cobre leito para o berço é totalmente desnecessário, a criança dorme muito durante o dia então o berço deve estar sempre pronto para o soninho.
Mosquiteiro – coloquei e deixei por menos de 1 mês. Acho que o pó que ele junta faz mais mal que algumas picadinhas.

Carrinho – vale a pena comprar um bom carrinho no início porque o bebê dorme durante um mês ali. Depois disso, se o carrinho for leve, vai ser muito utilizado e não precisará de outro. Nós emprestamos um carrinho-berço que foi usado só dentro de casa e, quando ela estava com 5 meses ganhou dos avós um carrinho de passeio. Esse ela usa muuuito. Aconselho o da Galzerano porque ele tem opção de deitar na hora que o bebê dorme. O da Angelina é um Burigoto muito bom, porém não deita e quando ela dorme temos que apoiar o carrinho para deixá-la menos sentada.

Cercadinho – comprei um Galzerano borboletas que serve de berço de viagem também, custou R$249. A parte do berço não é segura e já deixamos de lado. O cercadinho só uso quando vamos na chácara. Dentro de casa prefiro deixá-la no chão.

Andador – até hoje foi o melhor investimento. Ela fica praticamente o dia todo andando pelo apartamento, faz descobertas o tempo todo e consigo fazer muita coisa sem perder o controle dela. Uso também para dar papinha e frutas. Compramos o Galzerano borboletas e custou R$129.

Cadeira de papa – não compramos e não está fazendo falta.

Almofada de amamentação – ganhei no chá de bebê e foi muito útil quando eu amamentava, não exige muito esforço da coluna nem dos braços da mamãe e o bebê fica bem relaxado. Hoje ela ajuda na segurança e apoio quando a Angelina está sentada no berço.

Rolinhos – aqueles dois que colocamos o bebezinho no meio. Muito útil durante os três primeiros meses para manter o bebê de lado, eu acho mais seguro (embora os médicos recomendem colocar para dormir de barriga pra cima). Depois disso eles começam se mexer mais e escolhem qual posição dormir.

Banheira e balde – a banheira da Angelina tem o suporte e é indispensável. Dou o banho nela no alto e não sofro com dor nas costas. Existem algumas que já vem com o trocador, imagino que seja muito bom. No nosso caso o trocador não fez falta porque o apartamento é quentinho quando fechamos as janelas e ela não fica exposta a vento nenhum no caminho entre o banheiro e a comoda no quarto (que é do lado).
O balde foi muito utilizado em casa. Praticamente todos os banhos desde que ela completou 1 mês até 5 meses foram no balde. Agora ela não cabe mais sentada mas ainda uso quando vou dar banhos fora de casa por ser mais prático de levar no carro (é menor que a banheira) e dou o banho em pé mesmo.
Ela tem também uma banheira na casa da minha mãe já que fica muito lá.

Bebê-conforto – é obrigatório, não tem jeito. Compramos um Burigoto com suporte para colocar no carro. É bom, mas pequeno e não dá opção de virar o bebê de frente. Recomendam para até 13kg mas já está ficando pequeno. Sugiro o Galzerano que tem essa opção de virar para frente e colocar mais sentadinho. Os preços baixaram muito e vale a pena pesquisar.

 

É isso, espero ter ajudado. E vocês? O que acham? Compartilhem suas experiências.

 

Feliz 2012

Antes tarde do que mais tarde, não é mesmo.
Deixo aqui para os leitores do blog os dois cartões de Feliz 2012 que fizemos. O primeiro foi idéia do papai Dan Castilho que uniu nossas mãos num desejo super sincero.
O segundo foi idéia minha, aproveitei o Smash the Cake para desejar um ano novo muito doce.
Beijos para todos 🙂

Dan, Angelina, Maria e Ká

Segurança no berço

Hoje no Fantástico passou uma matéria bacana sobre segurança no berço. O berço da Angelina, como viram por aqui, tem todos os apetrechos… protetor de berço, almofadas, etc. Tirei o mosquiteiro, achei que a poeira que acumula fazia mais mal do que alguma eventual picada. Os protetores eu gosto, tenho medo dela se enroscar entre as grades. Almofadas ela tem muitas, mas acabam ficando do lado de fora. Bichos de pelúcia as vezes deixo algum pequeno pra ela por a mão… e ficam muitos mordedores porque ela brinca sentada enquanto arrumo o quarto ou o banho.
Gastei uma boa grana no kit do berço mais o conjunto completo para fazer a cama da Maria Eduarda igual e esse é um detalhe que eu não investiria tanto, ficou lindíssimo, mas não é fundamental. E agora, vendo essa matéria, não é nem recomendado.
Beijos para todos e boa semana 🙂

Clique aqui e veja a matéria do Fantástico.

Smash the cake

No dia 21 de dezembro fomos a mais uma consulta do pediatra, a de 7 meses… Angelina está ótima com seus 7kg890 muito bem distribuídos em 67cm. O assunto principal foi alimentação. A partir de agora está tudo liberado, como estava próximo do Natal o médico brincou dizendo que poderia dar pernil, tender, peru, tudo que ela aceitasse (tudo com bom senso, nada de temperos fortes nem muita gordura). Só NÃO pode, de jeito nenhum, castanha, amendoim e afins por causa do risco de engasgar. Ela ainda está conhecendo os sabores e aprendendo, bem devagar, comer coisas mais sólidas. Na maioria das vezes prefere a papinha bem molinha mesmo.

Aproveitamos para perguntar se poderia fazer o Smash the Cake, expliquei como era e disse que estava preocupada por causa do doce do bolo. O dr. respondeu de maneira muito simples: “você vai dar doce pra ela todo dia? então… divirtam-se e tragam as fotos que eu quero ver”.

Brincadeira liberada, brincadeira realizada!!!

Aproveito para fazer um merchan… quem quiser fazer essa deliciosa brincadeira com seus pimpolhos pode entrar em contato com o papai da Angelina e da Maria – www.dancastilho.com.br