A teoria da amamentação

Amamentação é um assunto extremamente delicado e que preocupa muito futuras mamães, sei bem disso. Vamos lá então à parte teórica que aprendi no curso, nas revistas e nos sites sobre o assunto:

– tenha um ambiente tranquilo, – ofereça um peito por 15 minutos, – troque o peito, – mantenha o bebê acordado, – coloque o bebê para arrotar, – repita o processo a cada 3horas, – na próxima mamada comece pelo peito que deu na segunda vez durante a última mamada.

ok?! Simples né. Tudo muito bonito.

Pois bem, agora vamos traduzir isso para a minha realidade.

Hoje, por exemplo, Angelina dormiu as 19h30 e acordou as 3h15 da madrugada para mamar. Quase 8horas sem peito. Durante o dia ela mama a hora que ela quer. As vezes pede depois de 2h, as vezes pede depois de 30 minutos. Fico em função das mamadas dela durante o dia. No final do dia ela se cansa, chora muito, mama no peito e continua chorando. É nessa hora que dou uma mamadeira complementar. Se não estou em casa o processo de mamar na mamadeira é o mesmo, ela não tem hora e nunca toma uma mamadeira toda. A questão de manter a criança acordada é impossível. Ela mama um tempo e capota. Eu posso passar a unha na bochecha, tirar a meia, a roupa, o que eu quiser que ela não acorda. E se acordar, chora e faz careta para o peito. Enfim, agora é madrugada e to acordada porque, depois de todas essas horas, ela mamou bastante em um peito e o outro tava cheio e doendo né, tirei direto na mamadeira que de manhã vou para a academia e o mamá já fica no jeito. Ah, e a Angelina quase nunca arrota, só na mamadeira.

Então, a minha prática é muito diferente da teoria. Converso com várias mães sobre o assunto e vejo que cada uma tem uma realidade própria, cada criança é uma. Então, vamos voltar a uma velha e boa orientação: quem conhece o bebê é a mãe. Não se prendam a essas teorias que lemos em tantos lugares e, principalmente, não deixe o seu bebê chorar porque falaram que tem que esperar 3horas ou porque você tem medo de ele pegar a mamadeira e não querer o peito e nem interrompa o soninho dele porque já passaram as 3horas. Converse com o seu pediatra, com o seu marido e com a sua mãe ou a pessoa mais próxima de vocês e tome, sem medo, a sua decisão como mãe. O seu instinto com certeza sabe mais que tudo.

Pra terminar, posto um video da brincadeira de ontem. Enquanto eu limpava o banheiro a Maria Eduarda ficou contando estórias para a Angelina. Só não deu pra filmar muito porque quando eu entrava no quarto a Angelina ficava com a atençõe dividida.

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Adriana
    jul 11, 2011 @ 12:41:08

    Oiiii……
    O meu bebe nasceu dia 01/07….lindo….fofo…
    Antes de falar do meu…queria falar q jamais vi uma bebê tão linda e fotogênica quanto a Angelina…nem o meu rsrsrs….
    O Bruno eh engraçado (talvez pq esteja no inicio)…mas mama exatamente de 3 em 3 horas uma mama so….se tirar ele para….agora tem vezes q ele mama meia hora…senaum 15min….depende da puxada dele….e essa historinha de acordar o bebe pra mim eh lenda….ja tentei de tudo…ele naum acorda…e se acorda trava a boca….ele mama so quando quer…..e quanto ele quiser….eh assim mesmo….bjsss

    Responder

  2. Cynthia Barreto
    jul 13, 2011 @ 13:43:44

    Também acho que não devemos nos prender a tudo que lemos, afinal cada pessoa é única, não dá para tratar todos os bbs igualmente.

    Muito legal o vídeozinho…beijos!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: