Medos e dificuldades

Tem uma propaganda da Johson que diz “quando nasce um bebê, nasce uma mãe” e é uma grande verdade.

Pouco antes da Angelina nascer vocês viram que eu nem sabia segurar um bebê e até hoje, acho que se for visitar algum recém nascido, não irei pegar no colo. Mas no momento que a enfermeira trouxe o meu bebê de poucas horas, segurei sem medo e nunca tive dificuldades em segurar, cuidar, apertar, virar pra cá e pra lá.

Graças a Deus a Angelina é meu anjo lindo. Muito quietinha, saudável e boazinha. Até agora não tivemos grandes problemas ou dificuldades. Atribuo isso a mais uma benção de Deus na minha vida e aos fatos de eu ter descansado bastante antes do parto e ela ter nascido de tempo certo (quase 40 semanas completas). Porém, existem momentos complicados sim. Quando ela chora e fica agitada sem motivo aparente, são algumas horas de adivinhações e achismos. Vira prá lá, pra cá, põe de bruço, de pé, troca fralda, dá mamá, dá chuquinha, dá chazinho, dá chupeta, dá pro pai, volta pra mãe, liga a tv, desliga, apaga a luz, canta, tira a roupa… e assim vai até que ela dorme e a gente nunca sabe o que resolveu.

Dia desses ela ficou 4 dias sem fazer cocô. Lá vai a mamãe ligar pro pediatra e ele indicou colocar um supositório. Momentos de tensão e lá foi o papai que é mais corajoso nas primeiras vezes (como aconteceu no banho). Ai gente, que dó. Fui forte no teste do pezinho, mas agora foi difícil. A coisa funcionou bem rapidinho e logo estava ela fazendo grandes “obras”, tudo voltou ao normal. Depois, conversando com outras pessoas eu soube que isso é bem comum e esse artifício possivelmente deve ser utilizado mais vezes.

Ainda estou teoricamente no período de dieta e resguardo. Faltam 2 dias para a Angelina completar 40 dias. Acho que fui nesse período bem tranquila e diferente das outras mulheres que conheci. Tinha muito medo da recuperação da cesárea mas não tive problemas com isso, meu problema foi o medo na hora da cirurgia que nem me permitiu viver a emoção de ver minha filha chegando ao mundo. Durante a dieta tomei alguns cuidados como não pegar peso nem fazer grandes esforços, mas de resto, vida normal. É importante cada um conhecer o limite do próprio corpo.

As questões psicológicas são as mais complicadas e é muito importante cuidar de si mesma. Não deixe de visitar o salão de beleza, lembre-se de escovar os dentes, pentear os cabelos e tomar banho (parece brincadeira mas eu estou falando sério). Tenho me sentido mais bonita, porém, menos interessante. Sinto-me sem assunto e insegura. O Daniel tem sido ótimo, companheiro e compreensivo, mas as vezes (muitas vezes) nem eu me aguento.

Escutei de uma amiga uma grande verdade: “Um dia você é você, carrega seu bebê na barriga, faz  o que quer e vai para onde quer. Em 15 minutos seu bebê está nos braços e você não é mais você, é a mãe do bebê”.

E nada disso tem explicação. E tudo isso vale muito a pena🙂

Boa semana pra todos!!!

anjo lindo

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Cynthia Barreto
    jun 14, 2011 @ 13:05:01

    Pois é, parece bobagem mesmo, mas eu já vi mãe que esquecem mesmo do banho por causa dos seus bbs..rs!

    A Angelina tá uma fofa!

    Beijos!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: