Ansiedades

Ontem fui dormir pensando em um outro assunto para escrever hoje, porém, ao sair de casa de manhã vi o Renan, meu priminho de 18 anos que mora no mesmo condomínio que nós. Ele estava tão tão gato, de camisa branca, gravata e calça social indo pro estágio (ele está no 2º ano de Direito). Quando o vi tão lindo e tão homem daquele jeito, veio a lembrança de um menino de  4 anos que havia dormido pela primeira vez fora da casa dos pais, lá em Nipoã. No dia seguinte, eu vinha de onibus pra faculdade e ele veio comigo pra Rio Preto, de mochila nas costas, se sentindo todo importante porque ia viajar num onibus só com adultos, sem o pai e a mãe dele. E agora o adulto é ele e vai pra faculdade. E muito rápido vai chegar a formatura e tudo o que tiver pra acontecer na vida dele.

Daí fiquei pensando no quando somos ansiosos e deixamos de viver cada minuto que passa tão rápido. Estamos sempre esperando chegar aquele dia tão especial. Sempre é assim. Tem um ditado que diz “o melhor da festa é esperar por ela” e essa é uma grande verdade.

O dia do meu casamento passou tão rápido que não tivemos tempo nem de provar a comida nem de ouvir as músicas que escolhemos com tanta preocupação junto com nosso amigo dj  Edu FatBoy. Ah, e quanta ansiedade por esperar esse dia que já passou faz quase 2 anos.

A Luiza (filha da Érika) está quase chegando. Todo dia acordo e fico pensando “será que nasceu?”. Meu Deus, que coisa.

E aqui da minha parte, fico contando calendário, os dias, as semanas, pensando no dia que vou fazer fotos, no dia do chá de bebê, nas coisas que tem que comprar e, claro, no dia que  a Angelina vai chegar.

E hoje me dei conta que tudo vai chegar no seu dia e vai acontecer, e muito rápido o dia tão esperado vai passar e a Angelina vai ser uma adulta igual o Renan e todos os outros bebês que vi nascer e já cresceram. E igual a mim e meu irmão que outro dia fomos bebês dentro da minha mãe.

Sei que é difícil conter essa ansiedade, mas vou tentar aproveitar mais cada minuto porque sei que vou sentir muita saudade desse poucos meses que ela vai ficar aqui dentro cutucando, chutando, alongando…

É isso… amanhã volto com o assunto que eu tinha pensado antes.

Beijinhos🙂

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Érika Celeste
    fev 04, 2011 @ 18:40:08

    Ká,
    Eu AMOOOO seu blog!!!!
    Quantas verdades!!!
    Eu também vou curtir estes últimos momentos com a Luíza aqui dentro, se sacudindo toda!!!
    Tudo passa muito rápido mesmo… já estou de férias, me preparando para licença maternidade!! Quem diria?!?!
    Ah, pode ficar tranquila, quando ela nascer, você será uma das primeiras a saber!!!
    Beijo!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: